Página Inicial » Fale Conosco

Notícias

19/12/2017ARESC atualiza custo do gás natural para primeiro semestre de 2018O reajuste foi anunciado pela agência reguladora ontem, 18/12, e apesar do aumento Santa Catarina se mantém com a tarifa mais competitiva do país

A Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) publicou ontem sua Resolução de nº 94, onde "Autoriza o repasse da parcela de recuperação e atualização do preço do gás... pela Companhia de Gás de Santa Catarina - SCGÁS". A partir de 1º de janeiro a agência passa a considerar que o custo da SCGÁS para adquirir o gás natural é de R$0,6105 por m³, um aumento de cerca de R$0,07 em relação ao que está sendo considerado nas tarifas atuais.

 

O novo valor de referência usado pela instituição é resultado do preço apurado através de projeções de mercado, que a ARESC fechou em R$0,67 por m³, somado a uma parcela de recuperação da conta gráfica que subtrai R$0,0595 por m³. Essa projeção de R$0,67 não é a mesma calculada pela distribuidora, que estimou uma perspectiva de R$0,77 por m³ do custo do gás valor que é repassado ao mercado.

 

Mesmo com o reajuste as tarifas de gás natural do estado devem seguir sendo as menores do Brasil, pois existe grande diferença entre os preços praticados em SC e os de outras regiões do país desde que a conta gráfica foi adotada. O gás natural catarinense também mantém a vantagem de custo-benefício que apresenta no comparativo com combustíveis concorrentes, como GLP, óleo combustível, diesel, gasolina e etanol.

 

Além da conta gráfica, o preço do combustível aqui também tem sido beneficiado pelo fato de que a distribuidora catarinense é a única que compra todo seu suprimento de gás através de um contrato de importação. Nesse modelo de contrato todo o combustível que chega aos gasodutos catarinenses é referente ao gás trazido da Bolívia pelo Gasbol, que hoje tem um preço menor do que o gás nacional distribuído por outras companhias.

 


Este reajuste é o terceiro desde que o mecanismo de conta gráfica começou a ser utilizado para a precificação do gás natural catarinense, e está dentro do padrão de reajustes semestrais definido desde a implementação dessa ferramenta. A partir dessa definição do valor considerado para o custo do gás, que deve ser comunicado no Diário Oficial do Estado de hoje, serão calculadas as tarifas de cada uma das categorias de consumidores atendidos pela rede de distribuição de gás natural de Santa Catarina, que devem ser divulgadas amanhã pela SCGÁS.

 


Outras Notícias
Buscar por período:(dd/mm/aaaa) à

SCGÁS Companhia de Gás de Santa Catarina Rua Antônio Luz, 255 - Centro Empresarial Hoepcke - 88010-410 - Florianópolis - SC

Fone: (48) 3229-1200 • Emergência: 0800 48 5050 • FAX: (48) 3229-1230 - Nota Legal