Página Inicial » Notícias

Notícias

13/03/2019Consumo de gás natural em Santa Catarina cresce 8% em 2018

Ao contrário do cenário nacional, que registrou queda de 2,2%, SCGÁS aumentou as vendas em todos os segmentos no ano passado

 

A SCGÁS fechou 2018 em alta em comparação aos resultados do ano anterior: de 1,791 milhões de m³/dia em 2017, as vendas médias diárias passaram para 1,928 milhões de m³/dia em 2018, representando um crescimento de quase 8% na distribuição de gás natural no Estado. O setor automotivo apresentou forte reação e manutenção de crescimento, atingindo o maior índice de elevação com 23%. No Brasil, o aumento do consumo de gás natural veicular foi de 12,25%. Desde 2014, a SCGÁS tem registrado crescimento acumulado no volume de distribuição e os resultados de 2018 foram os melhores da história de operação da Companhia. 

 
Com o terceiro maior índice de crescimento econômico do país no ano passado - 2,47% frente a média nacional de 1,15% - e a segunda economia mais diversificada do Brasil, Santa Catarina registrou em 2018 alta de 4,8% no setor industrial frente a 2017, enquanto no cenário nacional o crescimento foi de 4,31% para o setor. O segmento residencial registrou aumento de 19% no consumo de gás natural no Estado, enquanto o crescimento nacional foi de 7%. No Brasil, o consumo térmico registrou queda de 11,38% no ano passado, ocasionando o índice negativo de 2,2% no resultado total.
 
O número de consumidores da SCGÁS foi ampliado em 11,8%, passando de 12.069 ao final de 2017 para 13.491 em dezembro de 2018, principalmente nos mercados industrial e residencial, que registraram crescimento de 8,1% e 9,1% respectivamente. Também foram investidos R$ 23 milhões para construção de 19,5 km de rede de distribuição, alcançando uma extensão total de 1.157 km de rede implantada em Santa Catarina. 

 


Outras Notícias
Buscar por período:(dd/mm/aaaa) à

SCGÁS - Companhia de Gás de Santa Catarina

Rua Antônio Luz, 255 - Centro Empresarial Hoepcke - 88010-410 - Florianópolis - SC

Fone: (48) 3229-1200 • Emergência: 0800 48 5050Nota Legal