Página Inicial » Notícias

Notícias

16/07/2019SCGÁS chega à metade do período de concessão com resultados expressivos e projeções para expansão

Criada em 1994, a distribuidora completa 25 anos de fundação desempenhando função importante para o desenvolvimento econômico e social de Santa Catarina e com foco em metas para o futuro

 

Presente em 62 municípios catarinenses com mais de 1.150 quilômetros de gasodutos, a SCGÁS atinge em 2019 a metade dos seus 50 anos de concessão para o serviço de distribuição de gás natural em Santa Catarina. Ao longo dos primeiros 25 anos de atuação, a empresa investiu R$ 1,2 bilhão em infraestrutura e distribuiu mais de 10,2 bilhões de m/³ de gás natural ao mercado catarinense. O Estado é o segundo do país com o maior número de municípios atendidos e a distribuidora ocupa a segunda posição em número de consumidores industriais.

 

Atendendo apenas o mercado não térmico, a SCGÁS iniciou este ano com cerca de 13.500 clientes entre os mercados industrial, automotivo, comercial e residencial. Neste ano a empresa deve se aproximar da marca de 15.000 clientes. O segmento de maior consumo, com volume médio superior a 80% do total distribuído, é o das indústrias: são mais de 280 atendidas pela companhia e que representam cerca de 60% do PIB industrial do Estado.

 

O segmento automotivo é o segundo maior consumidor: representa por volta de 17% do volume de distribuição de gás natural no Estado. Santa Catarina tem a terceira maior frota do país com mais de 100 mil veículos rodando com GNV e, com o aumento das vendas do combustível e das conversões para Kit GNV registrado no último ano, até o final de 2019 a estimativa é que o número cresça para aproximadamente 105 mil usuários.

 

Após a crise econômica de 2014, os anos de 2017 e 2018 foram de forte reação. A maior média mensal de vendas da Companhia foi registrada no ano passado, com crescimento de 4,33% em relação ao melhor período histórico, que aconteceu em 2013. E o primeiro semestre de 2019 já supera em 3,44% o mesmo período de 2018.

 

Atualmente a SCGÁS já opera dentro das duas principais realidades apontadas como meta pelo Governo Federal, que busca a abertura do setor. Praticando desde 2015 a tarifa mais competitiva do país, neste ano chega a ultrapassar os 40% de vantagem tarifária frente a outros Estados da Federação nas principais faixas de consumo industriais.

 

Com um único contrato celebrado com a Petrobras em 1996, a companhia dialoga atualmente com diversos players do mercado por meio do processo de chamada pública coordenada realizado em conjunto com mais quatro Estados, visando acessar a oferta mais competitiva de suprimento para uma nova contratação a partir de março de 2020. Das 12 propostas recebidas, aprofunda a discussão de oportunidades junto a 10 ofertantes. No médio prazo a implantação de um terminal de gás natural liquefeito em um dos portos catarinenses também contribuirá para a competição e segurança energética do mercado catarinense, projetos que contam com o apoio técnico e institucional da empresa.

 

No que se refere a gestão, a SCGÁS apresenta índices de eficiência administrativa em custos que são modelo para o mercado nacional. A empresa é uma sociedade de economia mista e opera desde sua fundação por meio de parceria público/privada, registrando historicamente resultado operacional positivo sem acesso ao caixa público. Do seu capital social, a acionista Celesc, que tem participação do Governo Estadual, é minoritária e o modelo administrativo segue as diretrizes das empesas de ponta do setor privado. 

 

Com forte presença na região litorânea, a empresa foca suas ações no aproveitamento de tecnologias consagradas e na programação de investimentos para atender novos mercados. Estão em curso três projetos de interiorização: o atendimento antecipado por meio de redes isoladas na cidade de Lages e a continuação do Projeto Serra Catarinense com a execução de duas etapas de implantação de rede estruturante nas cidades de Laurentino, Trombudo Central e Pouso Redondo.

 

As metas da SCGÁS para os próximos 25 anos, até o final da concessão em 2044, são as seguintes: atingir a marca de mais de 2.300 quilômetros de rede implantada, distribuir ao mercado não térmico um volume médio de pelo menos 3,3 milhões de m³/dia de gás natural e investir um total de R$ 2,3 bilhões com infraestrutura. Com isso, mais de 80% do PIB catarinense será atendido pela empresa ao longo dos próximos 25 anos de atuação.


Outras Notícias
Buscar por período:(dd/mm/aaaa) à

SCGÁS - Companhia de Gás de Santa Catarina

Rua Antônio Luz, 255 - Centro Empresarial Hoepcke - 88010-410 - Florianópolis - SC

Fone: (48) 3229-1200 • Emergência: 0800 48 5050Nota Legal