0800 048 5050 Fale Conosco

Notícias

SCGÁS amplia o fornecimento de Gás Natural no mercado residencial catarinense

O Gás Natural da SCGÁS está cada vez mais presente nos condomínios e residências de nove municípios catarinenses. Atualmente, a Companhia fornece gás natural para 15.589 unidades residenciais e 371 condomínios. Em 2020, ano em que a SCGÁS atingiu o marco de 15 mil residências abastecidas, iniciou-se o fornecimento para mais de 1.426 unidades residenciais. Somente entre 2019 e 2020, o segmento registrou crescimento de quase 10%. Para 2021, a Companhia espera ligar mais de 2.600 clientes no mercado. 

Atualmente, Criciúma é o maior mercado, com 7.927 apartamentos e 210 condomínios utilizando Gás Natural. Em seguida, está Florianópolis, onde mais de 2.585 apartamentos e 53 condomínios são atendidos. Tubarão, Palhoça, Itajaí, São José, Balneário Camboriú, Jaraguá do Sul e Joinville também utilizam gás natural em condomínios.

O insumo é vantajoso para residências verticais pela economia, distribuição canalizada, que otimiza espaços e recursos, e fornecimento contínuo, não havendo necessidade de estoques. O Gerente Comercial do Mercado Urbano, Gustavo Caldas dos Santos, complementa que, além das vantagens econômicas proporcionadas pela tarifa regulada, também há outras vantagens para os clientes.

Gustavo Caldas dos Santos

“O gás natural não deixa resíduos na queima, aumentando a vida útil dos equipamentos a gás. Os clientes do segmento residencial da SCGÁS têm ganhos em segurança, em logística e econômicos, além de contar com um produto ecologicamente correto”. 

SCGÁS investirá mais de 18 milhões no mercado residencial

Nos próximos cinco anos, a SCGÁS pretende investir mais de R$ 18,2 milhões e ligar cerca de 20.000 clientes para ampliar ainda mais o abastecimento do energético e atender novos clientes em mercados em que a rede já está presente. Balneário Camboriú é a cidade que mais receberá investimentos para a saturação do mercado urbano, com R$ 6,8 milhões previstos até 2025. Em 2021, serão investidos cerca de R$ 5 milhões para saturação nas cidades de São José, Itapema e Balneário. Até 2025, o projeto urbano contempla ainda investimentos em Joinville, Blumenau, Florianópolis e Pomerode, um novo município atendido.

“Parte dessa ampliação é resultado da aproximação da SCGÁS com as Construtoras e com novos empreendimentos, que perceberam as vantagens que o uso do Gás Natural traz aos seus empreendimentos e passaram a conceber seus novos projetos já dedicados para o insumo”, finaliza Gustavo acerca dos fatores que levaram à ampliação do mercado nos últimos anos. 




Assuntos relacionados